Resultados extremamente funcionais após redução fechada com pinagem versus redução aberta Fixação interna de fracturas do pulso

, Author

Critérios:

Critério de integração:

– 18 anos ou mais

– Funções do paciente independentemente

– Fractura extra-articular deslocada dorsais (fractura de Colles); ou simples fractura intra-articular com um único intervalo entre as facetas escafóide e lunar.

– Lesão isolada (nenhuma outra lesão).

– Um dos seguintes critérios:

Deslocamento inicial substancial

– Maior que 20 graus de angulação dorsal da superfície articular do lado visualizado.

– Maior que 100% de perda de posição.

– Mais de 5 milímetros de encurtamento por variância ulnar na radiografia posterior-anterior.

– Incongruência articular superior a 2 milímetros (passo ou fenda).

– Cominuição dorsal e palmar. Redução manipulativa inicial inadequada

– Mais de 5 graus de angulação dorsal da superfície articular no lado radiográfico.

– Mais de 3 milímetros de encurtamento radial por variação ulnar na radiografia póstero-anterior.

– Incongruência articular superior a 2 milímetros.

– Aposição da baioneta do córtex palmar.

– Menos de 15 graus de inclinação ulnar da superfície articular na radiografia póstero-anterior. Perda de redução dentro de 3 semanas após a lesão.

– Qualquer uma das seguintes alterações de alinhamento em relação às radiografias iniciais pós-redução qualificam-se:

– 5 graus ou mais de perda da inclinação palmar da superfície articular do lado radiográfico.

– 2 milímetros ou mais de perda da altura radial por variação ulnar na radiografia póstero-anterior.

– 5 graus ou mais de inclinação ulnar perda da superfície articular o raio distal na radiografia póstero-anterior.

– Incongruência articular de 2 milímetros ou mais.

Critério de exclusão:

– Fracturas articulares mais complexas (isto é, que não uma simples fenda sagital entre as facetas escafóide e lunar).

– Fracturas deslocadas voluntariamente.

– Pacientes incapacitantes.

– Pacientes que dependem de outros para actividades funcionais básicas.

– Fracturas abertas

– Fracturas associadas a lesão neurovascular.

– As fracturas associadas a lesões graves da cabeça, neurológicas ou viscerais inibem a capacidade de participar num programa de exercício estruturado.

– Lesões músculo-esqueléticas associadas ao mesmo braço.

Género: Todos

Idade mínima: 18 anos

Idade máxima: N / Y

Voluntários saudáveis: Não

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *