Retiro Criativo

, Author

F-Linhabr> O que eu gosto particularmente na criatividade é esta capacidade de tornar o quotidiano poético, sensível. Quer seja na escrita, música, dança, cinema, artes visuais, culinária, arquitectura, ou no negócio, no mundo do trabalho, ou na nossa vida quotidiana, cada um pode ser criativo à sua maneira. Podemos fazer poesia, cada um com o nosso próprio modo de expressão, para encantar o mundo.(Patricia)

Como ouvi na rádio belga: poeiene, o verbo grego do qual deriva a palavra poesia, não significa nada mais do que criar. Para criar formas de arte, formas de vida, ou para criar ligação. Mas num gesto em direcção à beleza absoluta, sempre criando.

Criatividade é apenas ligar ideias entre si. Aqueles que criam têm mais experiências ou pensaram mais nas suas experiências do que os outros.

A nossa é uma era de inovação. Todos nós somos chamados a imaginar, sonhar, criar, seja a nível pessoal ou profissional. Somos convidados a DARE para fazer o que nunca foi feito, para procurar e inventar o que pode trazer valor ao mundo, o que traz valor a nós também, claro. É portanto urgente encontrar um equilíbrio e viver em harmonia connosco próprios, contribuir para este novo mundo, e, em particular através da criatividade.

Ir no sentido de respeitar a Vida, assumindo a responsabilidade pelo seu comportamento com a sua criatividade, que é A característica da nossa espécie. Convidamo-lo a tratar do assunto e a aprender a descodificar os travões e as alavancas para o fazer. Partilharemos consigo as nossas competências neste campo: Vinc em artes visuais, arte da terra e poesia, Pat com dança, escrita criativa, quadro de visão…
Linha F1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *