Utilização de leite parcialmente desnatado ou parcialmente desnatado proveniente do fabrico de manteiga na produção de leite em pó desnatado

, Author


Questões:

1) Se uma pequena proporção de leite parcialmente desnatado ou parcialmente desnatado proveniente do fabrico de manteiga for utilizada na produção de leite em pó desnatado, o produto resultante corresponde à definição de leite em pó desnatado no Regulamento sobre Alimentos e Medicamentos (FDR)?
2) Como é que este leite parcialmente desnatado consta da lista de ingredientes no rótulo do leite em pó desnatado resultante?

Fundo:

Leite parcialmente desnatado ou parcialmente desnatado produzido durante o fabrico de manteiga refere-se à fracção líquida removida durante a primeira passagem pela batedeira contínua. Actualmente, a indústria combina este leite parcialmente desnatado de fabrico de manteiga com leite desnatado. O leite desnatado padronizado resultante é então transformado em leite em pó desnatado.

Requisitos regulamentares:

A definição de leite em pó desnatado no FDR diz:

B.08.014. O leite em pó desnatado, leite em pó desnatado, ou leite desnatado seco
(a) deve ser leite desnatado seco;
(b) deve conter pelo menos 95% dos sólidos do leite;
(c) deve, não obstante as secções D.01.009 e D.01..010, contém vitamina A adicionada numa quantidade tal que uma ração diária razoável do produto lácteo contenha pelo menos 1.200 unidades internacionais e não mais de 2.500 unidades internacionais de vitamina A;
d) deve conter vitamina D adicionada numa quantidade tal que uma ração diária razoável do produto lácteo contenha pelo menos 300 unidades internacionais e não mais de 400 unidades internacionais de vitamina D; e
e) pode conter um agente antiespumante.

O padrão para leite desnatado no FDR estabelece requisitos apenas para o teor total de gordura e vitaminas A e D. Não estabelece valores máximos ou mínimos para proteínas e cinzas ou requisitos para a composição em ácidos gordos.

B.08.004 . Leite desnatado
(a) deve ser leite que não contenha mais de 0,3% de gordura láctea;
(b) deve, não obstante as Secções D.01.009 e D.01.010, contém vitamina A adicionada numa quantidade tal que uma ração diária razoável do produto lácteo contenha não menos de 1.200 unidades internacionais e não mais de 2.500 unidades internacionais de vitamina A; e
(c) contém vitamina D adicionada numa quantidade tal que uma ração diária do produto lácteo contenha não menos de 300 unidades internacionais e não mais de 400 unidades internacionais de vitamina D.

A definição de leite parcialmente desnatado ou parcialmente desnatado no FDR diz:

B.08.005 . O leite parcialmente desnatado ou parcialmente desnatado
(a) deve ser derivado de leite cujo teor de gordura tenha sido reduzido por separação mecânica ou ajustado pela adição de nata, leite, ou leite desnatado ou parcialmente desnatado sozinho ou em combinação;
(b) deve, não obstante as secções D.01.009 e D.01..010, contém vitamina A adicionada numa quantidade tal que uma ração diária razoável do produto lácteo contenha pelo menos 1.200 unidades internacionais e não mais de 2.500 unidades internacionais de vitamina A; e
(c) deve conter vitamina D adicionada numa quantidade tal que uma ração diária razoável do produto lácteo contenha pelo menos 300 unidades internacionais e não mais de 400 unidades internacionais de vitamina D.

O Codex Standard for Milk Powders (CODEX STAN 207) menciona que o teor mínimo de proteína do leite em pó desnatado é de 34% m/m nos sólidos desengordurados do leite (excluindo a água de cristalização da lactose).

Decisões:

1) Sob a definição de leite desnatado, se o teor de gordura do leite desnatado combinado com leite parcialmente desnatado ou parcialmente desnatado resultar na criação de um produto líquido contendo menos de 0,3% de gordura láctea, leite parcialmente desnatado ou parcialmente desnatado proveniente do fabrico de manteiga pode ser combinado com leite desnatado para produzir leite em pó desnatado. Reconhece-se que esta prática tem limitações devido às normas de composição do teor de gordura do leite desnatado.

p>Leite em pó de kim deve cumprir os requisitos estabelecidos na secção B.08.014 do FDR, conforme especificado na Secção 8 das Normas Canadianas de Identidade, Volume 1 – Produtos Lácteos e devem cumprir os requisitos proteicos de CODEX STAN 207.

2) O rótulo do leite em pó desnatado não deve incluir uma lista de ingredientes que inclua este leite parcialmente desnatado ou parcialmente desnatado proveniente do fabrico de manteiga porque é um pré-componente do leite desnatado líquido que deve ser seco.

(Esta página foi modificada com base num Registo de Decisão assinado em 15 de Fevereiro de 2006, pela Agência.)

Data Modificada: 2019-01-15

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *